AUDIÊNCIA MARCADA

Edilson Silva destaca ilegalidades no caso Estelita e classifica a gestão da prefeitura do Recife

Deputado participou do programa Audiência Marcada, com Ednaldo Santos

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 05/10/2015 às 17:15
Leitura:
Foto: Bernardo Soares | Acervo JC Imagem


No programa Audiência Marcada dessa sexta-feira (02), o comunicador Ednaldo Santos conversou com o presidente do PSOL-PE e deputado estadual, Edilson Silva. Em pauta, a oposição na assembléia legislativa, análise do governo do estado e a prefeitura do Recife e o movimento Ocupe Estelita. Também participou do programa o editor de política do Jornal do Commercio, Gilvan Oliveira.

Com relação ao movimento Ocupe Estelita, o deputado acredita que o movimento ganhou um novo impulso. “A manutenção do projeto segue tendo, por parte da população mobilizada, uma forte resistência”, disse. Com a Operação Lance final deflagrada pela Polícia Federal, Edilson acredita que só foi feita porque há comprovação do crime da lei das licitações. “Houve uma desautorização de concorrentes participarem do processo de licitação, sem critérios objetivos”, disse.

Segundo a PF, o terreno teria sido arrematado por um preço inferior ao de mercado
Foto: Guga Matos | JC Imagem


O deputado contou que tem acompanhado este processo desde o início e acredita que a cidade tem lutado muito. "Desde o leilão, que a gente colocou com absurdo, e como o prefeito da cidade, na época João Paulo, vai à imprensa e diz que não sabia que uma área daquela estaria sendo leiloada? E depois disso, há um conjunto de ilegalidades que vão se acumulando em todas as fases", completou.

Confira o programa na íntegra:

Mais Lidas