TCU

Ministério da Justiça quer substituição do relator no TCU, Augusto Nardes, por outro ministro

José Eduardo Cardoso acusou o ministro Augusto Nardes de ter antecipado o voto sobre as pedaladas ficais do Governo

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 05/10/2015 às 8:16
Leitura:
Foto: Valter Campanato/ Agência Brasil

O Governo decidiu agir como uma mãe que mede a temperatura da crinaça; como não gostou do resultado, em vez de procurar remédio para a febre alta, a mãe troca o termômetro. É assim que o ministro da justiça, José Eduardo Cardoso, está agindo. Ele acusou ontem o ministro Augusto Nardes, do Tribunal de Contas da União, de ter antecipado o voto sobre as pedaladas ficais do Governo, e por essa razão, quer substituir o relator no TCU por outro ministro.

Confira os detalhes na matéria de Romoaldo de Souza, direto de Brasília:

Augusto Nardes divulgou nota repudiando críticas do advogado geral da união Luiz Inácio Adams, que alertou o relator do processo das pedaladas fiscais de que o ministro do TCU não pode antecipar o voto para a imprensa.

O parecer de Augusto Nardes, entregue aos demais ministros do Tribunal de Contas da União, sugere a rejeição das contas do governo da presidente Dilma Rousseff, no ano passado, e apela que o Congresso Nacional siga este caminho. As contas do governo de 2014 ainda não foram aprovadas por que o TCU constatou que a presidente teria feito maquiagem na contabilidade para que não fosse revelado um rombo no caixa do Governo, que só ficou constatado agora, na elaboração do orçamento de 2016. Caso a maioria dos deputados e senadores não aprovem as contas de 2014, poderá ser aberto um processo de impeachment contra a presidente Dilma.

Mais Lidas