INVESTIGAÇÃO

Suspeitos de atirar contra músico em casa de show aguardam julgamento em liberdade

Jonattas Henrique, tecladista da banda John Geração, foi baleado quando saia de uma apresentação no bar Birosca em agosto deste ano

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 05/10/2015 às 16:12
Leitura:
Foto: John Geração | Divulgação


O delegado Alfredo Jorge, do DHPP, apresentou a conclusão de uma tentativa de homicídio, a Jonattas Henrique Alves Fragoso, de 25 anos, baleado no abdômen, quando saia de uma apresentação, no bar Birosca, na Ilha do Leite, Centro do Recife, no mês de agosto.

O tecladista da banda John Geração, recebeu um disparo de pistola 380, efetuado por Victor Tavares Henrique da Silva, comerciário. Ele estava nesta mesma festa acompanhado por Marcos Antônio Viraes Aurelino, almoxarife, ambos de 22 anos e quando estavam indo embora baixaram o vidro do carro e realizaram 2 disparos: um em direção a pessoas na entrada do estabelecimento e outro para cima.

Na balada a dupla promoveu confusão desde a hora que chegou. De acordo com Alfredo Jorge, delegado do caso. “Eles teriam chegado por volta da uma hora da madrugada, e teriam mexido com uma mulher que estava acompanhada e atirando cubos de gelo na banda”, disse.

O delegado Alfredo Jorge é o responsável pelas investigações
Foto: Roberta Soares/JC


A conduta dos amigos fez os seguranças colocarem para fora os dois, que por sua ameaçaram os profissionais da casa. Inclusive, o Vitinho Love, como é conhecido na noite, é proibido de entrar em outras casas noturnas do centro pelo histórico de confusões.

No inquérito 12 pessoas foram ouvidas e no caso de Vitinho, disse que ao delgado que jogou a arma do crime fora, na BR 232, na altura da Serra das Russas.

A dupla foi indiciada por tentativa de homicídio qualificado, e responde em liberdade por ter expedido período do flagrante e por bons antecedentes criminais. Eles aguardam em liberdade pelo julgamento

Já o músico recebeu alta médica no dia 27 de setembro e passa bem.

Confira a reportagem de Rafael Carneiro:

Mais Lidas