PASSANDO A LIMPO

Pedro Eurico fala sobre nova lei de separação de presos em entrevista no Passando a Limpo

O secretário informou em primeira mão que três pessoas foram detidas pela construção de um túnel no Complexo do Curado

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 08/10/2015 às 11:37
Leitura:
Foto: Sérgio Bernardo / JC Imagem

O Passando a Limpo desta quinta-feira, entrevistou o Secretário de Justiça e Direitos Humanos do Estado, Pedro Eurico, que falou sobre a nova lei, aprovada pela presidente Dilma, de separação dos presos, e as condições do Brasil para acatar essa lei. Segundo ele, se tudos os presos estão misturados é por que não se tem lugar para a separação.

Pedro Eurico também informou em primeira mão que três pessias foram detidas na manhã desta quinta-feira, por estarem cavando um túnel, a cerca de 200 metros do presídio, em uma casa numa vila ao lado do Complexo Penitenciário. O túnel estava sendo cavado para uma fuga generalizada no complexo. O secretário falou ainda sobre os problemas com o Fundo Penitenciário Nacional e dos problemas do excesso de população carcerárea.

A bancada do programa, hoje composta por Geraldo Freire, Wagner Gomes, Maria Luiza Borges e Ivanildo Sampaio, também conversou com advogada Janaína Pascoal, que protocolou o pedido de impeachment da presidente Dilma para Hélio Bicudo. A advogada falou sobre como e se a não aprovação das contas do governo da presidente Dilma influencia no processo do pedido.

Durante o programa tambem foi falado sobre o fato de o Governo não ter conseguido reunir o quórum para votar vetos, e sobre a apresentação do inquérito do jovem Harlyton, estudante da Universidade Federal Rural de Pernambuco, que caiu de um ônibus no Cais de Santa Rita. A polícia concluiu que o condutor e o cobrador do ônibus em questão mentiram quando disseram que não sabiam que o estudante estava lá.

Perdeu o programa? Confira sua íntegra nos áudios abaixo:

Mais Lidas