MATERNIDADE

Quadrigêmeos nascidos no Recife passam bem, mas não tem previsão de alta

A mãe dos bebês está acompanhando a evolução das três meninas e do menino no Hospital Agamenon Magalhães

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 08/10/2015 às 10:32
Leitura:
Apesar de inesperados, bebês estão sendo muito amados. Foto do arquivo pessoal cedida pela família


Os pequenos Jhonata Davi, Maria Júlia, Isabella Beatriz e Laila Thaís estão internados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Agamenon Magalhães apenas em observação. Eles nasceram nessa quinta-feira (7) e passam bem.

As crianças foram geradas por quatro óvulos distintos sem inseminação artificial – fato raro na medicina. A mãe de primeira viagem, Leandra Mendonça da Silva, tem 23 anos e apresenta quadro de saúde estável.

Uma corrente do bem conseguiu arrecadar donativos para a família, que reside na zona rural de Aliança, Mata Norte do Estado. Os interessados em colaborar devem ligar para José Dácio, o pai dos bebês, pelo telefone 9.9364-1828.

O pai dos quadrigêmeos é um misto de felicidade e preocupação diante dos gastos para manter os filhos. Ele é operador de máquinas numa usina de cana-de-açúcar em Carpina e não sabe nem o que dizer direito:

Mais Lidas