MOBILIZAÇÃO

Grupos protestam por moradia digna e auxílio aluguel em Recife e em Caruaru

No Recife, moradores de oito comunidades da Zona Norte da cidade protestam na Avenida Agamenon Magalhães. Em Caruaru, BR-232 foi o local escolhido para o ato

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 14/10/2015 às 9:39
Leitura:
Protesto por moradia interrompe trânsito na Avenida Agamenom Magalhães, no sentido Boa Viagem. Foto: TV Jornal

Reportagem de Roberto Carvalho

Moradores de oito comunidades do bairro de Campo Grande, na Zona Norte do Recife, realizam um protesto na manhã desta quarta-feira (14) na Avenida Agamenon Magalhães. Eles reinvindicam a regularização do auxílio moradia e a construção de moradias dignas. Grupo também pede abertura de vagas no programa "Minha Casa, Minha Vida".

De acordo com uma moradora que não quis se identificar, apenas na comunidade em que ela mora, as negociações sobre o auxílio moradia estão se arrastando há dois anos. Ela diz que os moradores foram retirados de um outro local e receberam a promessa de uma ajuda de custos para pagar o aluguel. "Na casa da minha mãe tem quatro famílias vivendo amontoadas e eles não resolvem nada", completa.

O trânsito está interditado na Avenida no sentido Olinda-Recife. A CTTU está no local e orienta os condutores a seguir pela Estrada de Belém ou Avenida Cruz Cabugá.

Foto: TV Jornal Caruaru


Um protesto semelhante acontece no quilômetro 1na BR-232, em Caruaru, Agreste do Estado. o grupo ligado ao Movimentos dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) interdita os dois sentidos da via. A Polícia Rodoviária Federal está no local.

Mais Lidas