ATENDIMENTO

SIMEPE entrega mais uma denúncia contra Secretaria de Saúde de Olinda ao MPPE

O órgão pede a reabertura e melhoria no Serviço de Pronto Atendimento (SPA) de Peixinhos, que está sem funcionar no turno da noite desde o começo do mês

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 14/10/2015 às 13:32
Leitura:
Foto: Rafael Carneiro/ Rádio Jornal

O Sindicato dos Médicos de Pernambuco (SIMEPE) foi até o Ministério Público de Pernambuco, na unidade Olinda, entregar uma segunda denúncia contra a Secretaria de Saúde do município, na manhã desta quarta-feira (14).

O órgão pede a reabertura e melhoria no Serviço de Pronto Atendimento (SPA) de Peixinhos, que oferece serviço de clínica médica e pediatria. No dia 1º de outubro, a unidade teve o plantão da noite encerrado para reduzir gastos dos cofres de Olinda.

Pelo menos três mil pessoas estão sendo afetadas pela medida, por mês. Tadeu Calheiros, vice-presidente do SIMEPE, explica que além da abertura, o local precisa urgentemente de uma restruturação. “Nós anexamos a este documento que estamos protocolando hoje, o laudo da fiscalização do Conselho Regional de Medicina (CREMEPE) que foi feita no dia 2 deste mês, onde deu nota E”, disse Tadeu, apontando que a qualificação vai de A à E. “Mas o fechamento não foi para melhorias nessa unidade. O fechamento, que antecedeu a própria fiscalização, foi feito para custos econômicos, ou seja, para se adequar a uma lei de responsabilidade fiscal”, acrescentou o vice-presidente, denunciando ainda o descaso com os moradores.

Confira os detalhes no flash de Rafael Carneiro:


Atualmente, 34 médicos atuam na unidade, única que oferecia serviço de clínica médica e pediatria 24 horas na rede de saúde de Olinda.

Mais Lidas