INSEGURANÇA

Três ocorrências de assaltos a ônibus são registradas na RMR nas últimas 24 horas

Nos primeiros seis meses do ano já foram registrados 921 assaltos a ônibus no grande Recife

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 14/10/2015 às 16:57
Leitura:
Foto: @bruunocorreiaa/Instagram


Nas últimas 24 horas, três ocorrências de assaltos a coletivos foram registradas na região metropolitana do Recife, dois deles acontecerem em ônibus da empresa Vera Cruz, no bairro do Jordão Baixo e em Afogados, na zona Sul do Recife. A terceira ação foi registrada em um micro-ônibus que fazia a linha Cajueiro Seco / Barra de Jangada, em Barra de Jangada, em Jaboatão dos Guararapes. Só nos primeiros seis meses do ano já foram registrados 921 assaltos a ônibus no grande Recife, o que representa um aumento de 42% em relação ao mesmo período do ano passado.

Os dados são da Secretaria de Defesa Social. As investidas dos criminosos são cada vez mais violentas, colocando em risco a vida de passageiros, cobradores e motoristas. O presidente do Sindicato das Empresas de Ônibus, Fernando Bandeira, atribui ao desemprego a principal causa do aumento do número de assaltos aos coletivos e destacou algumas ações da Urbana PE, no combate às ocorrências.

Um funcionário da empresa Globo, que não quis de identificar, falou da sensação de insegurança da categoria. “Muito perigoso. A gente não sente seguro. O policiamento tem que entrar nos carros, verificando. Muitas vezes o cara se faz de passageiros e assalta a gente. Na testa deles não está escrito ‘eu sou ladrão’ pra nos assaltar”, disse.

O presidente do Sindicato dos Rodoviários, Benício Custodio, orienta que os funcionários precisam informar ao sindicato quando perdem bens materiais em assaltos, dentro dos coletivos, para que as empresas possam ressarcir o prejuízo. O presidente também critica as poucas revistas realizada pela polícia dentro dos ônibus.

Confira a reportagem de Ísis Lima:

Mais Lidas