CINEMA

Dois curta-metragens Pernambucanos vão ser exibidos na VIII Janela Internacional de Cinema do Recife

A mostra acontece entre os dias 6 e 15 de novembro, no Cinema São Luiz

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 19/10/2015 às 16:57
Leitura:




A VIII edição do Festival Janela Internacional de Cinema do Recife exibe 44 curtas-metragens inéditos na cidade como parte da programação. O processo seletivo desta edição atraiu 964 filmes, enviados de 22 países. A comissão escolheu 23 produções brasileiras e 21 estrangeiras, seis delas portuguesas.

A lista completa foi divulgada nesta segunda-feira (19) no site. A Janela Internacional de Cinema é realizada entre os dias 6 e 15 de novembro, no Cinema São Luiz. Na mostra nacional, participam curtas de nove estados e do Distrito Federal. De Pernambuco, foram selecionados dois trabalhos: “A Clave dos Pregões”, de Pablo Nóbrega e Superquadra-Sací, de Cristiano Lenhardt.

Confira a lista dos curtas-metragens selecionados para o VIII Janela Internacional de Cinema do Recife

Curtas-nacionais

A Clave dos Pregões (Pernambuco), de Pablo Nóbrega
A Festa e os Cães (Ceará), de Leonardo Mouramateus
A Invenção da Noite (Paraná), de Tomás von der Osten
A Outra Margem (Mato Grosso do Sul), de Nathália Tereza
Biquini Paraíso (Ceará), de Samuel Brasileiro
Cidade Nova (Ceará/Distrito Federal), de Diego Hoefel
Command Action (São Paulo), de João Paulo Miranda
De Terça pra Quarta (Ceará), de Victor Costa Lopes
E (São Paulo), de Alexandre Wahrhaftig, Helena Ungaretti e Miguel Antunes Ramos
Estudo de Persistência (Paraná), de Krefer
História de Abraim (São Paulo), de Otavio Cury
Imóvel (Rio de Janeiro), de Isaac Pipano
Lembranças de Mayo (Minas Gerais), de Flávio C. von Sperling
Macapá (Maranhão), de Marcos Ponts
MoBios (São Paulo), de Carlos Eduardo Nogueira
No Dia em que Lembrei da Viagem a Bicuda (Rio de Janeiro), de Vitor Medeiros
Outono Celeste (Rio Grande do Sul), de Iuri Minfroy
Outubro Acabou (Rio de Janeiro/Portugal), de Miguel Seabra Lopes e Karen Akerman
Quintal (Minas Gerais), de André Novais Oliveira
Rapsódia para o Homem Negro (Minas Gerais), de Gabriel Martins
Retrato de Carmen D. (Rio de Janeiro), de Isabel Joffily
Submarino (São Paulo), de Rafael Aidar
Superquadra-Sací (Pernambuco), de Cristiano Lenhardt

Curtas Internacionais

A Glória de Fazer Cinema em Portugal/The Glory of Filmmaking in Portugal (Portugal), de Manoel Mozos
A Field Guide to the Ferns (Inglaterra), de Basma Alsharif
Caravan (Austrália), de Keiran Watson-Bonnice
Cinema (Portugal), de Rodrigo Areias
Coro dos Amantes/Chorus (Portugal), de Tiago Guedes
Estratos de la Imagen/Strata of the Image (Espanha), de Lois Patiño
Fora da Vida/On the Side (Portugal), de Filipa Reis e João Miller Guerra
Fuligem/Soot (Portugal), de David Doutel e Vasco Sá
Iec Long (Portugal), de João Pedro Rodrigues e João Rui Guerra da Mata
I’m in Pittsburg and It’s Raining (EUA), de Jesse McLean
La Fin du Dragon/The Dragon’s Demise (França), de Marina Diaby
La Impresión de una Guerra/Impression of a War (Colômbia), de Camilo Restrepo
Livreur/Delivery (Bélgica), de Vladilen Vierny
Par ce Chemin Descendent les Ombres/Shadows (França), de Didier d’Abreu
Riot (EUA), de Nathan Silver
The Old Jewish Cemetery (Holanda), de Sergei Loznitsa
The Shadow of Your Smile (Rússia), de Alexei Dmitriev
The Vast Landscape (Croácia), de Lea Vidakovic
Under the Heat Lamp an Opening (EUA), de Zachary Epcar
Wayward Fronds (EUA), de Fern Silva
Why? (Israel), de Nadav Lapid

Mais Lidas