INTERNET

Polícia Federal vai investigar origem de falsas provas do Enem que tumultuaram internet

As imagens de dois cadernos de prova e de supostos temas da redação circularam nas redes sociais durante o final de semana

Com informações da Agência Brasil
Com informações da Agência Brasil
Publicado em 19/10/2015 às 6:45
Leitura:
Foto: twitter INEP


A uma semana da realização das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou, em sua página oficial no Twitter, que as fotos de supostas capas de dois modelos da avaliação e o tema da redação do Enem de 2015 são falsas. "Atenção participantes do #Enem2015! As provas que estão circulando são falsas", diz o comunicado. De acordo com a autarquia do Ministério da Educação, a Polícia Federal foi acionada para investigar a origem das imagens. Em 2009, a prova do Enem foi cancelada pelo Ministério da Educação (MEC), após o vazamento confirmado de informações.

No próximo fim de semana, mais de 7,7 milhões de estudantes farão quatro provas objetivas, cada uma com 45 questões de múltipla escolha e uma prova de redação. Considerado o horário oficial de Brasília, a aplicação das provas começará às 13h30. Os candidatos terão acesso aos locais de prova a partir das 12h. Os portões serão fechados às 13h, em todas as unidades da Federação. Em Pernambuco, por exemplo, terá de chegar ao local de prova até as 12h locais.

No sábado (24), serão aplicadas as provas de ciências humanas e suas tecnologias e de ciências da natureza e suas tecnologias, com duração de quatro horas e trinta minutos, contadas a partir da autorização do aplicador. No domingo (25) será a vez de linguagens, códigos e suas tecnologias, redação e matemática e suas tecnologias, com duração de cinco horas e trinta minutos.

Esta será a primeira edição da prova em que o Ministério da Educação não vai encaminhar a versão impressa pelos Correios. Para evitar imprevistos, a orientação do MEC é que os candidatos visitem o local das provas com antecedência.

Mais Lidas