BRASÍLIA

Tribunal Superior do Trabalho decide por aumento irrisório para os rodoviários

Os ministros do TST concederam um aumento de 0,3% em cima dos 9% decididos em julho. O valor do ticket foi fixado em R$ 205,40

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 19/10/2015 às 15:25
Leitura:


O julgamento do processo de agravo dos rodoviários encerrou na tarde desta segunda-feira (19), em Brasília. De acordo com o assessor de imprensa do Sindicato dos Rodoviários de Pernambuco, Genildo Pereira, os ministros do TST concederam um aumento de 0,3% em cima dos 9% decidos em julho através da liminar concedida pelo TRT da 6a região em favor do patronato.

Ainda segundo o assessor, esse não é o julgamento final do dissídio da categoria, que deve ocorrer no mês que vem. Já o ticket alimentação teve aumento de R$ 3,40 (de R$ 202 para R$ 205,40) , enquanto no julgamento inicial do TRT, o valor era de cerca de R$ 300. O Sindicato dos Rodoviários de Pernambuco descarta qualquer tipo de paralisação para os próximos dias.

O julgamento sobre o reajuste dos rodoviários de Pernambuco, foi presidido pelo ministro do Tribunal Superior do Trabalho (TST), Antônio José de Barros Levenhagen.


LEIA TAMBÉM: Presidente da Urbana-PE diz que vai entrar com ação indenizatória contra sindicato dos rodoviários

Ministro do TST pode pautar julgamento do dissídio dos rodoviários para a próxima semana


A decisão anterior, o aumento salarial encolheu de 12% para 9% e o tíquete caiu de 59% para 9%. A decisão acatou pedido do Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros no Estado de Pernambuco (Urbana-PE).

Após a decisão, os rodoviários realizaram várias paralisações, em protesto. A última ameaça de paralisar os coletivos aconteceu no dia 1º de outubro.

Mais Lidas