CRIME

Ex-companheira de agente da Polícia Civil mata amiga do ex-marido e é assassinada

O casal estaria separado há duas semanas, e a mulher matou a amiga de seu ex-companheiro e foi morta pela PM

Da Rádio Jornal. Atualizada às 6h23
Da Rádio Jornal. Atualizada às 6h23
Publicado em 25/10/2015 às 21:20
Leitura:
Foto: Suellen Fernandes / Rádio Jornal


A ex-companheira de um agente da Polícia Civil, inconformada com a separação, entrou em uma discussão com uma amiga do seu ex-marido, e as duas acabaram mortas na tarde deste domingo (26). O policial, que é morador de um flat no hotel Golden Beach de Piedade, Jaboatão dos Guararapes, estava na piscina com a amiga Pâmela Ferreira de Oliveira, quando a sua ex-mulher, Juliana Saboia Ferreira da Silva, chegou ao local muito nervosa.

A Juliana, que era técnica de enfermagem, abordou o ex-marido e a amiga dele, e começaram uma discussão. O policial vendo que a sua ex-esposa estava cada vez mais alterada, foi em busca de outros policiais para conter as duas mulheres. Ao chegarem ao local, as duas já haviam subido para o apartamento e os policiais escutaram os disparos.

No apartamento, encontraram Pâmela caída no chão, e um dos PMs atirou na auxiliar de enfermagem. As duas mulheres foram socorridas, mas não resistiram aos ferimentos.

De acordo com informações da delegada Gleide Ângelo, a ex-mulher tinha um relacionamento de três anos com o policial, e teria se separado há duas semanas. A delegada falou na noite deste domingo sobre o crime:

Os Policiais Militares e os familiares dos envolvidos passaram a noite e madrugada prestando depoimento no DHPP, no bairro do Cordeiro. As armas foram recolhidas e vão ser encaminhadas para exames de balística no Instituto De Criminalística.

Os corpos de Pâmela Ferreira de Oliveira e Juliana Saboia Ferreira da Silva estão no Instituto de Medicina Legal (IML), em Santo Amaro. Eles devem ser liberados para sepultamento na manhã desta segunda-feira (26).

Mais Lidas