CONSULTÓRIO

Anemia falciforme no Consultório de Graça

Doença genética é causada por uma alteração em células do sangue

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 27/10/2015 às 19:56
Leitura:

O Dia Nacional de Luta pelos Direitos das Pessoas com Doença Falciforme é celebrado nesta terça-feira (27). Por isso, a doença foi o tema do Consultório de Graça Araújo, que contou com a presença da médica sanitarista Miranete Arruda, da presidente da Associação Pernambucana de Portadores da Anemia Falciforme, Joseanne André, e do hematologista Marinus de Moraes.

Miranete é Coordenadora Estadual de Atenção à Saúde da População Negra e às Pessoas com Doença Falciforme. Já Joseanne preside a Associação Pernambucana de Portadores de Anemia Falciforme, além de integrar a Federação Nacional das Associações de Doenças Hereditárias. E Marinus é mestre em Hematologia pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Atualmente trabalha no Hospital das Clínicas.

Surgida na África, a enfermidade é hereditária e ataca as hemácias, células do sangue responsáveis por transportar o oxigênio para todo o corpo. Uma mutação genética faz essas células adquirirem um formato de foice, o que atrapalha a circulação do oxigênio. Isso provoca uma anemia, que atinge principalmente os negros. Ela também pode afetar os brancos que tenham alguma ascendência africana.

Ouça o programa completo:

Mais Lidas