GOVERNO

Dilma volta a cobrar de líderes governistas empenho para aprovação da CPMF

O ministro da Secretaria de Governo ficou encarregado de ligar para governadores e prefeitos para pedir apoio

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 27/10/2015 às 7:58
Leitura:
Ricardo Berzoini, ficou encarregado de telefonar para governadores e prefeitos prometendo repassar uma parte dos recursos para estados e municípios. Foto: Antonio Cruz/ Agência Brasil

Em uma tumultuada reunião dos líderes governistas nesta segunda-feira com a presidente Dilma Rousseff, ela voltou a cobrar empenho para aprovação da proposta de recriação da CPMF.

O ministro da Secretaria de Governo, Ricardo Berzoini, ficou encarregado de telefonar para governadores e prefeitos prometendo repassar uma parte dos recursos para estados e municípios. Pela proposta do Planalto, a alíquota do novo imposto pularia de 0,20% para 0,38%. A diferença – 0,18%, seria repartida com prefeitos e governadores desde que eles se empenhassem junto a parlamentares pela criação do imposto.

Confira os detalhes no flash de Romoaldo de Souza, direto de Brasília:

A presidente voltou a defender a necessidade da aprovação das medidas do ajuste fiscal e garantiu aos líderes aliados que não haverá cortes nos programas sociais do governo conforme tinha recomendado o relator do orçamento, o deputado Ricardo Barros, do PT do Paraná.

Mais Lidas