SAÚDE

Moradores do Arruda fazem protesto pela entrega de UPA que está dois anos atrasada

Em nota, a Secretaria de Saúde diz que está reorganizando o cronograma de novas unidades e não tem previsão para finalizar a UPA do Arruda

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 27/10/2015 às 9:14
Leitura:
Foto: Rafael Carneiro/Rádio Jornal


Moradores do entorno da futura UPA do Arruda, que está sendo construída próximo ao estádio do Santa Cruz, realizaram um protesto na Avenida José Augusto doa Anjos nesta terça-feira (27). Eles reinvindicam a coclusão da obra, que deveria ter sido entregue em julho de 2013.

O coordenador do Movimento pela Reabertura da UPA do Arruda, Eraldo Lira, diz que as unidades vizinhas estão sobrecarregadas. "A gente precisa do atendimento e a UPA está aqui largada", diz. Ele ainda critica a gestão da saúde pelo governador do Estado, Paulo Câmara, e pelo prefeito do Recife, Geraldo Julio.

Em nota, a Secretaria Estadual de Saúde informou que, por causa da crise financeira, está reorganizando o cronograma de inaugurações de novas unidades de saúde. "Qualquer ação que tenha impacto financeiro deve ser analisada com muita cautela durante este ano. E, nesse sentido, a inauguração de novos serviços de saúde precisa da pactuação e credenciamento junto ao Ministério da Saúde para que haja a garantia do custeio das unidades".

Mais Lidas