CPI

Partidos de Oposição vão convocar na CPI do BNDES Lula e seus ex-auxiliares

Lula, Antonio Palocci, Erenice Guerra e Fernando Pimentel são acusados de movimentar quase R$300 milhões

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 03/11/2015 às 7:40
Leitura:
Foto: Ricardo Stuckert/ Instituto Lula

O recado do ex-presidente Lula no início da semana passada, dizendo que vai sobreviver apesar das denúncias, fez os governistas entenderem a mensagem de que é preciso blindar os aliados nas CPIs que estão funcionando na Câmara e no Senado.

Na reunião do PT, Lula disse que se for preciso, tem como dar o troco, já antecipando o clima na comissão. Confira os detalhes no flash de Romoaldo de Souza, direto de Brasília:

Os partidos de oposição agora vão apresentar requerimentos nesta semana para convocar o ex-presidente, o ex-ministro da fazenda, Antonio Palocci, a ex-ministra da Casa Civil, Erenice Guerra e o governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, que teriam sido mencionados no relatório do Coaf, órgão de ivestigação da Receita Federal, responsável pela lavagem de dinheiro. Eles são responsáveis por uma movimentação que se aproxima de R$300 milhões.

Na CPI do Bndes, já tem um requerimento de convocação do ex-presidente Lula, mas agora com essas denúncias contra os ex-ministros e o governador de Minas, o deputado Betinho Gomes, do PSDB, acredita que não tem mais como os governistas blindarem Lula e os ex-auxiliares.

Mais Lidas