PATRIMÔNIO PÚBLICO

Grupo é preso em flagrante ao extrair areia de terreno da União

Os 14 suspeitos presos vão responder por usurpação do patrimônio público e extração de recursos minerais. Os crimes são inafiançáveis

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 04/11/2015 às 15:56
Leitura:
Foto: Divulgação/ Polícia

Os 14 suspeitos de extrair areia de local proibido de um engenho que pertence a União devem seguir para o Centro de Observação e Triagem (Cotel), em Abreu e Lima ainda na tarde desta quarta-feira (4).

Eles foram presos na madrugada desta quarta no Engenho Ubú, no Km-25 da BR-101, que está em um local de preservação ambiental entre as cidades de Itapissuma no Grande Recife e Goiana, na Zona da Mata Norte.

Foram apreendidas 04 carretas, sendo duas carregadas de areia, como também mais duas em processo de carregamento.

A população fechou a BR-101 nos dois sentidos durante manhã e por volta das 12h contra as prisões dos suspeitos, mas a rodovia já está liberada. O grupo preso vai responder por usurpação do patrimônio público e extração de recursos minerais. Os crimes são inafiançáveis.

Mais Lidas