FIM DA HISTÓRIA

Após 18 anos casados, Joelma e Chimbinha assinam divórcio no Recife sob olhar atento dos fãs

Separação mais comentada do ano aconteceu nesta segunda-feira no Fórum Desembargador Rodolfo Aureliano

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 09/11/2015 às 9:26
Leitura:
Foto: divulgação


O mesmo Recife que foi palco para o estouro do sucesso da Banda Calypso será agora o cenário do divórcio do casal responsável pela banda. O divórcio mais comentado do Brasil foi assinado em uma sessão rápida na manhã desta segunda-feira (9), no Fórum Rodolfo Aureliano, no bairro de Joana Bezerra.

Centenas de fãs da banda acompanharam a assinatura do documento dentro e fora do prédio. A partir de agora, os cantores Joelma Mendes e Cledivan de Almeida Farias, o Chimbinha, casados há 18 anos, estão oficialmente separados. O casamento rendeu uma filha, 21 Cds, 7 DVDs e duas indicações e uma vitória no Grammy Latino, uma das maiores premiações da música.

Divórcio será assinado no REcife porque foi aqui que eles casaram. Foto: reprodução/Site TJPE


O divórcio foi acompanhado de uma briga que chamou a atenção de todo o país. Em agosto, através de nota oficial, a banda anunciou o fim do casal. Com o passar do tempo, a banda também ruiria no meio do conflito. Joelma declarou que foi traída e não quis mais dividir o palco com o ex-marido.

Uma denúncia de violência, por parte da Joelma, acionou a Lei Maria da Penha e o cantor não podia se aproximar da artista, o que depois foi revertido na Justiça. No mês passado, foi a vez da filha de Joelma de um outro casamento, Natália, declarar que foi vítima de abuso sexual por parte do ex-padrasto.
Chimbinha, fundador da banda, foi o primeiro a dar entrevistas à imprensa. O cantor relata que confessou a traição, mas que pediu perdão.

Já os relatos de Joelma são de uma rotina de traições e atos violentos. A cantora diz que a situação saiu dos limites quando começou a atingir o filho do casal.

Com uma legião de fãs pelo país, a Banda Calypso segue agora com uma nova formação, sem Joelma, que promete seguir carreira solo, em ritmo gospel, a partir de janeiro. Também no ano que vem, a cantora Thabata Mendes assume o lugar de Joelma e divide a banda ao lado de Chimbinha. A maior parte dos fãs está ao lado da cantora e quer fazer parte desse momento, com uma demonstração de apoio.

Mais Lidas