VIOLÊNCIA NAS AGÊNCIAS

Homens atiram e assaltam a agência do Santander da Av. João de Barros

Este foi 46º assalto a banco só este ano, 30 a mais do que no ano passado

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 09/11/2015 às 15:48
Leitura:
Peritos analisam provas na agência do Santander, alvo de assaltantes nesta segunda
Foto: Lélia Perlim/ Rádio Jornal

Peritos do Instituto de Criminalística (IC) analisam neste momento o Banco Santander, na Avenida João de Barros, na área central do Recife. Eles buscam provas que possam identificar os cinco suspeitos de assaltar a agência no início da tarde desta segunda-feira (9).

De acordo com o Sindicato dos Bancários, dois homens entraram se passando por clientes e depois os outros três armados efetuaram disparos na parede de vidro, que separa a parte do autoatendimento do interior da agência. Com isso, os bandidos conseguiram render os vigilantes que não tiveram tempo de reagir.

Os suspeitos conseguiram levar o dinheiro dos caixas, quantia que não foi revelada pelo banco, além das duas armas e os coletes a prova de balas dos profissionais de segurança. Funcionários e clientes não ficaram feridos.

O diretor do sindicato, Sandro José Alves, detalha quantos revólveres já forma levados dos seguranças nos assaltos deste ano. “Já chega a mais de 80 a 90 armas desde o começo de janeiro até o atual momento. Normalmente a polícia, através das investigações do departamento investigativo, tem conseguido nas ruas o recolhimento, inclusive, depois que elas vão pra Polícia Federal elas são reconhecidas e devolvidas para os órgãos em que competem”, disse.

?

Bandidos atiraram na parede de vidro e renderam vigilantes

O outro diretor do Sindicato, João Rufino, apontou a ausência de vidros blindados como um dos principais fatores para a ação do grupo nesta segunda-feira (9) e critica a Prefeitura do Recife por não realizar fiscalização nas agências da cidade.

Este foi 46º assalto a banco este ano, 30 a mais do que no ano passado.

Mais Lidas