INVESTIGAÇÃO

Polícia Federal desarticula quadrilha integrada por cabo do Exército que agia em Pernambuco e na Paraíba

Grupo composto por quatro homens roubava caixas eletrônicos, cofres de postos de gasolina e cargas

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 11/11/2015 às 6:47
Leitura:
Da esquerda para a direita temos os motoristas José Roberto Gomes de Freitas e Armando da Silva, o cado do Exército Wellington Pereira (camisa verde) e pedreiro Alexsandro Candido Ramos. Fotos cedidas pela Polícia Federal


A ousadia dos bandidos não tem limites. No caso desta quadrilha desarticulada por operação da Polícia Federal, em parceria com policiais militares do 7º Batalhão da Polícia Militar de Pernambuco, o que chama atenção é a participação de um cabo do Exército. Wellington Pereira da Silva, de 29 anos, não tinha antecedentes criminais e foi preso ao lado dos motoristas José Roberto Gomes de Freitas e Armando da Silva, e do pedreiro Alexsandro Candido Ramos.

De acordo com a Polícia Federal, a quadrilha vinha atuando em roubos de caixas eletrônicos e cofres em diversos postos de gasolina da Região Metropolitana do Recife e na cidade de Santa Rita, na Paraíba. A prisão dos integrantes foi feita quando o grupo descarregava, em Apipucos, zona Norte do Recife, um caminhão baú com objetos roubados. A avaliação preliminar da carga gira em torno dos R$ 100 mil.

Durante a ação, foram apreendidos um caminhão baú; um Fita Punto; um Fiat Siena; uma moto Honda; cinco aparelhos celulares. Um quinto suspeito, o motorista do caminhão que trouxe os objetos roubados da Paraíba para Pernambuco, chegou a ser preso, mas foi liberado. De acordo com a PF, ele foi contratado por R$ 800 para transportar os objetos e não sabia que se tratava de roubo.

Os responsáveis pela empresa que teve os materiais roubados devem comparecer nesta quarta-feira (11) para reaver os pertences. Caso os suspeitos sejam condenados, podem pegar até 8 anos de prisão.

Mais Lidas