POLÍCIA FEDERAL

Quadrilha chefiada por cabo do exército era investigada há dois meses

Grupo roubava caixas eletrônicos e foi pega após roubar uma carga de uma construtora de João Pessoa, na Paraíba

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 11/11/2015 às 16:17
Leitura:

A Polícia Federal em Pernambuco apresentou, nesta quarta-feira (11), a prisão de quatro homens, entre eles um cabo do exército, por roubos a caixas eletrônicos. O cabo Wellington Pereira da Silva, de 29 anos, que não tinha antecedentes criminais e foi preso ao lado dos motoristas José Roberto Gomes de Freitas e Armando da Silva, e com o pedreiro Alexsandro Cândido Ramos.

De acordo com a Polícia Federal, a quadrilha vinha atuando em roubos de caixas eletrônicos e cofres em diversos postos de combustíveis da Região Metropolitana do Recife e na cidade de Santa Rita, na Paraíba.

A prisão dos integrantes foi na última segunda-feira (9) quando o grupo descarregava um caminhão baú com objetos roubados, em Apipucos, na Zona Norte do Recife.

A carga está avaliada em R$ 100 mil. O assessor de comunicação da Polícia Federal, Giovani Santoro explica como a PF chegou aos suspeitos. “A gente vinha investigando esse grupo há mais ou menos dois meses, mas por eles fazerem assaltos, arrombamentos e terminais eletrônicos e também cofres em postos de combustíveis aqui na Região Metropolitana. Eles resolveram mudar e aí foram para o roubo de mercadorias de cargas”, detalhou o assessor, que ainda apontou que o grupo soube de uma construtora em João Pessoa e decidiram roubar a carga. Foi quando foram pegos, após ação.

Confira os detalhes na reportagem de Henrique Santos:

Segundo a Polícia Federal, o cabo do exército era o principal mentor da quadrilha. Apesar de terem confessado os crimes, eles foram atuados apenas por receptação de carga roubada. Os suspeitos foram encaminhados a uma audiência de custódia e estão à disposição da justiça caso sejam condenados, podem pegar até oito anos de prisão.

Mais Lidas