TRANSTORNOS

Em balanço realizado pelo Detran, mais de 5 mil cinquentinhas já foram regularizadas

77 ciclomotores conhecidos foram apreendidos, em fiscalização realizada nessa quinta (12)

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 13/11/2015 às 15:32
Leitura:
Foto: Isabela Dias/ Rádio Jornal


Em balanço divulgado nesta sexta-feira (13) pelo Detran Pernambuco, 77 ciclomotores conhecidos como “cinquentinhas” foram apreendidos, em fiscalização realizada nessa quinta (12).

O prazo para regularização do veículo encerrou na última quarta-feira (12), mas muita gente deixou para última hora e não conseguiu realizar o procedimento. Longas filas e tumulto marcaram os últimos dias no Detran sede.

De acordo com levantamento feito pelo Departamento de Trânsito, no mês de agosto, quando o licenciamento foi iniciado, apenas 78 cinquentinhas foram emplacadas. Em setembro, foram 315. No mês de outubro, esse número subiu para 857. Já em novembro, último mês para regularização, 3.814 ciclomotores foram licenciados, totalizando 5.064 regularizações.

Confira na reportagem de Isabela Dias:

O presidente do Detran, Charles Ribeiro, considera o balanço positivo. “Veja que a campanha que nós fizemos durante esses 90 dias e as ações que nós também colocamos conscientizou a população dos ciclomotores da necessidade do credenciamento”, disse.

Ainda segundo o Detran, há duas exceções para os condutores que ainda não regularizaram o ciclomotor: aqueles que deram entrada no registro do chassi na Base de Índice Nacional (BIN) e estão de posse do documento da concessionária e os casos em que já foi feita a solicitação do documento “Nada Consta” da Delegacia de Roubos e Furtos. Em caso de fiscalização, o condutor deve estar de posse desses documentos para que não ocorra apreensão.

O prazo concedido para quem possui estes documentos é até 11 de dezembro. Mas, de acordo com Charles Ribeiro, o Detran não descarta a prorrogação deste prazo.

Para quem não tiver estes documentos nem o ciclomotor emplacado, se for abordado pela fiscalização, o veículo vai ser apreendido e o condutor pode pagar uma multa no valor de 191,54, o serviço do guincho, somando mais R76,78 e 12 reais pela diária do pátio. Além disso, o valor das taxas de licenciamento também deve ser pago.

Para mais informações e o agendamento junto ao Detran, basta acessar o site www.detran.pe.gov.br.

Mais Lidas