OPINIÃO

Seca, polícia particular para deputados e casos de microcefalia: confira o Passando a Limpo

O senador Humberto Costa foi entrevistado pela bancada do programa

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 13/11/2015 às 17:00
Leitura:


O senador Humberto Costa foi questionado pela bancada do Passando a Limpo nesta sexta-feira (13) sobre a questão da estiagem em Pernambuco. Existe uma obra muito importante no estado que é a adutora do Agreste, que depende, principalmente, da transposição do São Francisco.

Em defesa do governo federal pelos atrasos das obras, o senador apontou que a responsabilidade pela questão do abastecimento de água é algo que compete aos governos estaduais, mas que foi colocado na pauta do governo federal desde a primeira gestão do ex-presidente Lula.

Humberto falou sobre o andamento das obras. “Nós temos a transposição do São Francisco, que até o final do ano deve ter mais duas complementações de obras”, afirmou, apontando que já foi entregue 45 km do eixo leste com a primeira estação elevatória. Este trecho já está com água no canal e fortalecendo o abastecimento de água em cidade como Floresta.

“Por outro lado, o ramal do Agreste que é o que vai propiciar a conexão da adutora do Agreste com a transposição do São Francisco se encontra em um processo de licitação”, explicou, afirmando que o processo deve ser iniciado no ano que vem. O Governo Federal garantiu que o ritmo de liberação de recursos seria reposto, segundo Humberto.

Confira o Passando a Limpo completo e a entrevista com o senador:

O aumento nos casos de diagnósticos de microcefalia também foi discutido no programa. O Ministério da Saúde colocou o país em estado de alerta, após as notificações no estado.

Além disso, os deputados estudais que querem uma polícia exclusiva. A Alepe estuda criar uma polícia legislativa para investigação, espionagem e segurança dos parlamentares. A ideia era proteger deputados que estão sendo ameaçados de morte.

Mais Lidas