COMÉRCIO

Domingo de poucas lojas abertas e movimento fraco no Centro do Recife

Nem todos os estabelecimentos estavam abertos e poucos consumidores apareceram

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 15/11/2015 às 16:27
Leitura:
Foto: Reprodução

O comércio do centro do Recife até que abriu as portas neste domingo (15). Mas os clientes apareceram timidamente para aproveitar. Nem todas as lojas estavam abertas, é verdade, talvez por que o dinheirinho extra do décimo terceiro salário ainda não chegou.

Bem, se a grana extra não está disponível pelo menos o consumidor teve tranquilidade para bater perna e adiantar as compras, como o pedreiro José Ribeiro dos Santos, que levou a esposa e duas filhas.

E vai ser assim. Até janeiro chegar, os lojistas prometem abrir todos os domingos, de 9h às 17h. Uma tentativa de driblar a crise e recuperar um ano que muitos preferem esquecer.

Carlos André da Silva é gerente de uma loja de confecções na Rua Nova. Confiante, ele espera por um novembro e dezembro diferentes do que foi 2015. E teve gente que estava só de passagem pelo centro e ficou feliz com a surpresa. A dona de casa Damiana da Silva prometeu voltar com mais calma.

Confira a reportagem de Rafael Carneiro:

Mais Lidas