SAÚDE

Recife lidera o ranking dos municípios com casos de microcefalia em Pernambuco

A capital pernambucana é responsável por cerca de 30% das suspeitas. Bebês podem ser tratados no Imip, Cisam, AACD e Hospital Osvaldo Cruz.

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 18/11/2015 às 10:08
Leitura:
Bebês com microcefalia nascem com crânio menos que 33 centímetros. Foto ilustrativa: reprodução/internet


A capital pernambucana já registra 79 casos de microcefalia, ou seja, cerca de 30% das 268 suspeitas registradas no estado. Também compõem o ranking as cidades de Jaboatão dos Guararapes, Olinda, Cabo de Santo Agostinho e Vitória de Santo Antão.

Até agora, a microcefalia já foi registrada em 79 cidades pernambucanas. As unidades de referências de atendimento para os bebês e as mães são o Imip, o Cisam, a AACD e o Hospital Osvaldo Cruz.

A Secretaria Estadual de Saúde trabalha na elaboração de um sistema que identifique pelo ultrassom a microcefalia ainda na gravidez. Atualmente, o exame pode prever a anomalia, mas não garante o diagnóstico.

Já a investigação epidemiológica conta com equipes da Fiocruz, Imip e universidades de São Paulo e Federal de Pernambuco. A secretária-executiva de Vigilância à Saúde do Estado, Luciana Albuquerque, fala das medidas tomadas:

Mais Lidas