TRÁFICO DE DROGAS

Agente penitenciário é preso tentando entrar no Cotel com droga escondida em latas de massa corrida

A droga seria entregue a quatro detentos, que comprariam a droga e depois iriam traficar a maconha no Cotel

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 19/11/2015 às 16:33
Leitura:
Droga seria entregue a quatro detentos
Foto: Rafael Carneiro/ Rádio Jornal


A Polícia Civil está ampliando uma investigação sobre a entrada de drogas no Cotel. O agente penitenciário Amaury Soares da Silva, de 50 anos, foi pego nessa quarta-feira (18) no estacionamento do Cotel, em Abreu e Lima, na própria viatura da Secretaria Executiva de Ressocialização do Estado (SERES), com duas latas de massa corrida. Dentro delas, 17,5 kg de maconha. Os detalhes foram apresentados nesta quinta (19) pela polícia.

A operação que resultou na prisão do agente penitenciário contou com policiais do sistema prisional da SERES e do Departamento de Narcotráfico. Segundo a polícia, a participação de outras pessoas também vai ser investigada. O material no valor de R$ 35 mil já tinha destino, como explica João Leonardo, da Delegacia de Repressão ao Narcotráfico. “Ele entregaria essa droga a quatro detentos do Cotel, que comprariam a droga a ele e fariam um comércio lá dentro da unidade”, disse.

Confira os detalhes na reportagem de Cibelly Melo:

“O pessoal estava com essa informação há aproximadamente três dias então a gente vinha num trabalho, coletando alguns dados, e conseguimos a informação de que ontem o suspeito iria entrar nas dependências do Cotel com essa grande quantidade de maconha dentro de uma viatura fardada”, explicou o delegado. Amaury Soares teria dito a polícia que foi ao armazém buscar o material, mas desconhecia a existência de drogas dentro das latas.

Como há câmeras internas no estabelecimento, a polícia vai fazer o levantamento das imagens para dar continuidade as investigações.

O agente trabalhava há 23 anos no Sistema Penitenciário e atualmente era supervisor da área administrativa do Cotel. O secretario de Ressocialização, Éden Vespasiano falou que deve reforçar as fiscalizações nos presídios, inclusive de funcionários. “Só este ano já prendemos quatro agentes penitenciários, numa parceria com as Polícias Militar, Civil e Federal”, completou.

Amaury Soares foi autuado por tráfico de entorpecentes com aumento de pena por portar drogas nas proximidades de uma unidade prisional e já está no Cotel.

Mais Lidas