PASSEATA

Em greve há uma semana, trabalhadores da construção civil fazem protesto no Recife

Trabalhadores pedem reajuste salarial de 20% e adicional de hora extra de 100%. Sinduscom oferece 2%

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 23/11/2015 às 10:20
Leitura:
Foto: Divulgação/Sindicato


Os profissionais da construção civil, que estão em greve desde a última segunda-feira (16), voltam a protestar na manhã desta segunda-feira (23), no Recife. A passeata começou na Rua da Concórdia e seguiu pelas principais vias até chegar à Avenida Cruz Cabugá. De lá, seguiu pela Avenida Norte e pela Ponte do Limoeiro até chegar à sede da Prefeitura do Recife, na Avenida Cais do Apolo. Eles pedem apoio aos gestores municipais na negociação com os patrões.

As reivindicações da categoria são o reajuste salarial de 20%, adicional de hora extra de 100%, a não ampliação de jornada de trabalho para os sábados e aumento do vale alimentação no valor de R$ 200. Em contraproposta, o Sinduscom oferece 2%. A repórter Clarissa Siqueira conversou com representantes da categoria:

Pernambuco conta com cerca de 500 obras e 120 mil trabalhadores na construção civil. Além da Região Metropolitana, outras regiões aderiram à greve, como as cidades de Goiana, na Mata Norte, e Gravatá, no Agreste.

Foto: Clarissa Siqueira/Rádio Jornal


Os manifestantes já haviam feito uma passeata na quinta-feira (19), saindo da Avenida Conde da Boa Vista até o Palácio do Campo das Princesas. Eles também cobram maior rigor no combate aos acidentes de trabalho.

Mais Lidas