ENERGIA

Iluminação natalina necessita de cuidados para evitar acidentes e prejuízo na conta

Antes de instalar as luzinhas coloridas é importante verificar as condições dos fios. Se estiverem ressecados, rompidos, ou com lâmpadas quebradas, o ideal é não usar.

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 23/11/2015 às 7:09
Leitura:
Foto ilustrativa: reprodução/internet


Ao pensar em Natal, imaginamos logo as casas enfeitadas com árvores decoradas, papais Noel e muitas luzes coloridas. Mas é para garantir comemorações longe de acidentes, é preciso ter cuidado ao comprar, instalar e manusear enfeites com luzes.

Muita gente guarda os adereços de um ano para o outro. Antes de instalar é importante verificar as condições dos fios. Se estiverem ressecados, rompidos, ou com lâmpadas quebradas, o ideal é não usar. A fiação irregular, além de oferecer risco, consome mais energia. É o que explica o gerente de saúde e segurança do Grupo Neo-Energia, Hugo Vidal.

Se for comprar um novo pisca-pisca, atenção para à procedência e qualidade. A Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) alerta para adquirir produtos que possuem certificação do Inmetro. Além disso, é importante evitar o uso de luzes elétricas em árvores de metal, já que elas podem conduzir energia e provocar choques. Para evitar incêndios, elas não devem estar próximas de enfeites produzidos com papel ou cartolina.

DICAS

Evite o uso de extensões e Benjamim, também conhecido como “T”, e redobre os cuidados no exterior da casa. Por ser um ambiente exposto ao calor e a chuva, pode haver um maior risco de choque elétrico e curto-circuito.

Nunca instale decoração elétrica com pés ou mãos molhados ou descalço. Importante lembrar que a instalação natalina deve estar desconectada das fontes de energia.

Mais Lidas