SAÚDE

Recife solicita R$ 30 milhões ao Ministério da Saúde para combater dengue, chikungunya e zika

As três viroses são transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti. Entre as medidas estão contratação 300 agentes de saúde ambiental e controle de endemias

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 25/11/2015 às 8:11
Leitura:


O plano de enfrentamento tem como foco a erradicação imediata do mosquito transmissor das viroses dengue, chikungunya e zika, o Aedes aegypti. A proposta foi apresentada pelo prefeito Geraldo Julio ao ministro da Saúde, Marcelo Castro, nesta terça-feira em Brasília.

Entre as ações, a contratação temporária de 300 agentes de saúde ambiental e controle de endemias. A Prefeitura do Recife também pretende intensificar campanhas de combate aos criadouros do Aedes aegypti.

O prefeito Geraldo Julio afirma que além do pessoal o plano, que vai custar R$ 30 milhões, conta ainda com reforço de veículos e material de trabalho:

Mais Lidas