AGRESTE

Ministro da Saúde viaja a Gravatá para anunciar plano de combate à microcefalia no estado

Governador Paulo Câmara se encontrou com a presidente Dilma e ficou acertado que o governo federal vai assegurar os recursos financeiros para o enfrentamento à doença

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 26/11/2015 às 15:53
Leitura:
Governador durante entrevista após encontro com a presidente Dilma, em Brasília
Fotos: Humberto Pradera/ Divulgação


O ministro da Saúde, Marcelo Castro, vem a Gravatá, no Agreste no estado, na próxima segunda-feira (30), para anunciar um plano de combate a microcefalia no estado. Ele vai participar do encontro com governador de Pernambuco, Paulo Câmara, que se reúne com os prefeitos para discutir o “Plano Estadual de Enfrentamento das Doenças Transmitidas pelo Aedes aegypti - dengue, chikungunya e zika”.

A reunião acontece depois de Paulo Câmara solicitar uma reunião com Dilma Rousseff para tratar sobre os casos de microcefalia. Durante a reunião, ficou acertado que o governo federal vai assegurar os recursos financeiros para o enfrentamento à doença.

“É um plano de ação que já está pensado, mas que precisa ser desdobrado, principalmente em relação à assistência”, destacou o governador Paulo Câmara. “Também temos que ter uma preocupação muito grande com assistência, com protocolo, as pessoas precisam saberem para onde encaminhar essas mães, as crianças também terem o tratamento adequado nos primeiros meses de vida”, frisou Câmara. “Eu senti, por parte da presidente, todo desejo de nos ajudar, ajudar o Nordeste e colocar toda sua equipe a disposição”, comentou.

Ouça:

Atualmente, Pernambuco é o estado mais afetado com a microcefalia. São 175 casos confirmados e mais de 470 notificações. A doença tem atingido recém-nascidos e apresenta características em que o diâmetro do crânio dos bebês é menor que o normal.

Mais Lidas