MICROCEFALIA

Pernambuco decreta estado de emergência no combate ao Aedes Aegypti

A medida foi tomada, neste domingo (29), um dia após o ministério da saúde confirmar a relação da Zika Vírus com o surto de microcefalia na região Nordeste

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 29/11/2015 às 22:41
Leitura:
Foto: Aluisio Moreira/ Rádio SEI

Pernambuco decretou estado de emergência para combater o Aedes Aegypti, mosquito responsável por transmitir doenças como a dengue, chikungunya e zika vírus. A medida foi tomada, neste domingo (29), um dia após o ministério da saúde confirmar a relação da Zika Vírus com o surto de microcefalia na região Nordeste. O decreto passa valer a partir desta terça-feira (01). Desta forma, o Governo pode contratar serviços como dispensa de licitação e servidores temporários. Também será possível convocar com mais agilidade os trabalhadores de outras secretarias para auxiliar nos serviços mais prioritários. O Governador Paulo Câmara, comenta que o momento é de preparação.

Ouça na reportagem de Gabriel Almeida:

O Estado apresenta o maior índice do país com 487 notificações de microcefalia. A doença que tem acometido recém-nascidos, apresenta características em que o diâmetro do crânio dos bebês é menor que o normal. A Presidente Dilma Rouselff confirmou que quando retornar da viagem ao exterior vai acompanhar os casos da doença no Nordeste.

Mais Lidas