FORÇA WEVERTON

Já nos EUA, jovem Weverton será submetido a bateria de exames

Garoto de 18 anos sofre da síndrome do intestino curto e foi ao país para realizar um transplante de intestino

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 01/12/2015 às 18:01
Leitura:
Foto: Arquivo Pessoal

O jovem Weverton Fagner de Medeiros Gomes, de 18 anos, já está instalado no Hospital Jackson Memorial, em Miami, nos Estados Unidos. Ele embarcou nessa segunda-feira (30) em busca da cura para o seu problema, a síndrome do intestino curto.

O adolescente é de Vitória de Santo Antão, na Mata Sul do Estado, e sobrevive com apenas 10% do órgão graças a ajuda de medicamentos e uma alimentação especial.

Lá, Weverton vai se inscrever na lista de espera de transplante do país. A família está otimista, já que o último brasileiro que precisou do procedimento no país norte-americano, conseguiu o transplante em apenas um mês.


O primo do garoto, Nadjânio Duarte, falou sobre a viagem e disse que Weverton foi muito bem recebido. “Chegou lá, foi bem recebido. Um tratamento totalmente diferente da realidade brasileira. Uma coisa personalizada para cada brasileiro”, relatou.

Segundo Nadjânio, brasileiros que moram no país estão ajudando o garoto. “Ele vai se submeter essa semana a uma bateria de exames para começar o preparativo para ele ficar passivo a receber esse transplante. Ontem (30) já fizeram um raio-X nele”, explicou o primo do pernambucano.

Garoto elogiou instalações do hospital

Mais Lidas