INVESTIGAÇÕES

Polícia prende suspeitos de envolvimento na morte de taxista em São Lourenço da Mata

Um suspeito, identificado como Charles, continua foragido. Ele seria o mentor do crime

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 01/12/2015 às 14:51
Leitura:
Veículo foi encontrado em São Lourenço da Mata


Duas pessoas foram presas e um menor apreendido suspeitos de envolvimento no assassinato do taxista, Valdemir Jorge de Lima, 38 anos, ocorrido na última sexta-feira (27), em São Lourenço da Mata, na Região Metropolitana do Recife.

Dois homens foram encontrados por policiais do 20º Batalhão de Polícia Militar no Engenho Santa Rosa, em São Lourenço, e o menor estava em Moreno. De acordo com o capitão Waldomiro, o caso foi premeditado por conta de uma briga com um suspeito identificado apenas como Charles. Este quarto envolvido e suposto mandante do crime está foragido, segundo o capitão.

Com os suspeitos, foi encontrada uma espingarda calibre 12, que falhou no momento do disparo. “A munição da 12 pinou na hora que eles iriam executar o taxista”, detalhou o capitão.

Arma teria sido utilizada pelos suspeitos para tentar matar o taxista,
mas falhou
Foto: Cortesia/ 20º BPM

Eles prestaram depoimento há pouco no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e seguiram para a delegacia de Camaragibe.

O veículo de trabalho e o corpo de Valdemir Jorge foram encontrados no distrito de Matriz da Luz, em São Lourenço da Mata, na Região Metropolitana do Recife. O corpo de Valdemir estava amarrado a uma árvore em estado de decomposição.

Valdemir despareceu por volta das 8h da sexta-feira após realizar uma corrida para São Lourenço da Mata. Segundo familiares, ele levava dois homens no carro e saiu do ponto de táxi em que trabalhava no centro de Jaboatão Guararapes sem dar muitos detalhes do destino aos colegas de trabalho.

O delegado Ramon Teixeira do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de São Lourenço da Mata investiga o caso.

Mais Lidas