POLÍTICA

"Estamos com uma base mais sólida e barraremos o impeachment", diz Humberto Costa

Durante a entrevista exclusiva, o senador acusou Eduardo Cunha de "chantagem" e defendeu a presidente Dilma

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 03/12/2015 às 9:33
Leitura:
Foto: Alexandre Gondim/Arquivo JC Imagem


Líder do PT no senado, Humberto Costa (PT-PE) afirmou que o pedido de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff (PT) não irá prosperar e que a petista foi alvo de uma "chantagem" do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Ele comentou o cenário político conturbado com o comunicador Geraldo Freire durante o programa "Super Manhã", nesta quinta (03), na Rádio Jornal.

De acordo com Humberto, "o governo já deu demonstrações que está construindo uma nase mais sólida e, sem dúvidas, vai barrar o impeachment". Ele também declarou que o pedido é "frágil" e que Dilma é "honesta e inocente".Sobre o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, o senador disse que ele se usou do poder de acatar o pedido de impedimento para desviar o foco das denúncias de corrupção que caem sobre ele. "Nós acreditamos que vamos ter a maioria dos votos para impedir o impeachment e para acabar com esse cabo de guerra", disse.

REFORMA MINISTERIAL

Humberto Costa negou que o governo esteja se movimentando para uma nova reforma ministerial após dois meses das mudanças e cortes nos ministérios. "Não tem sentido falar em reforma. Já fizemos", completou.

Mais Lidas