POLÍCIA

Polícia Civil identifica dois suspeitos por assassinato de taxista em São Lourenço

Imagens de câmeras de segurança próximas ao ponto onde o taxista trabalhava foram determinantes

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 03/12/2015 às 21:57
Leitura:
Imagem: Divulgação

A Polícia Civil já identificou os dois passageiros suspeitos de roubar e assassinar o taxista Valdemir Jorge de Lima, de 38 anos. Os novos dados foram apresentados nesta quinta-feira (3), durante uma entrevista coletiva na sede da Polícia Civil na área central do Recife. Imagens de câmeras de segurança próximas ao ponto onde o taxista trabalhava em Jaboatão Centro, foram determinantes para apontar a participação do adolescente de 17 anos, detido e liberado na terça-feira pela ausência de flagrante. E também de Richarles Felipe Siqueira da Silva, conhecido como Charles, de 20 anos, que já está sendo procurado pela polícia.

“Com relação ao envolvimento dos dois indivíduos, já identificados como os passageiros que fizeram a corrida com o taxista no dia da morte dele, é absolutamente certo que foram os dois, o adolescente e o Charles. Já foi reunido um material com acervo comprobatório suficiente para conseguir afirmar com segurança que a identificação deles já foi superada. O que segue no curso das investigações, que ainda estão num estágio inicial, é o total esclarecimento das circunstâncias do porque isso teria ocorrido. Ou seja, é preciso investigar e determinar se houve o envolvimento de terceiro ou quarto indivíduo no crime. É preciso também saber se houve um motivo ou se apenas uma escolha aleatória da vítima”, afirmou o delegado Ramon Teixeira, responsável pelo caso.

Confira os detalhes na reportagem de Lélia Perlim:

O corpo do taxista foi encontrado na segunda-feira, no distrito de Matriz da Luz em São Lourenço da Mata, com indícios de morte por estrangulamento, na sexta-feira, após fazer uma corrida com esses suspeitos. Quem tiver informações sobre o suspeito “Charles”, pode entrar em contato com a 10ª Delegacia de Homicídios pelo telefone: (81) 3182-6034.

Mais Lidas