ECONOMIA E NEGÓCIOS

Redução na capacidade das usinas deve deixar a luz mais cara em 2016

Nos últimos 12 meses encerrados em outubro, a energia subiu em média no país 52,30%, segundo o IBGE

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 08/12/2015 às 13:18
Leitura:
Foto: Acerco JC Imagem

A redução da capacidade das usinas hidrelétricas deve elevar mais as tarifas no próximo ano. Nos últimos 12 meses encerrados em outubro, a energia subiu em média no país 52,30%, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O motivo, segundo o economista Ecio Costa, é uma combinação de fatores. “A gente tem um período complicado por conta dos efeitos do El Niño que tem diminuído as chuvas em algumas cabeceiras de rios, que são utilizadas para geração de energia por essas hidrelétricas”, apontou. “Mas também por falta de uma melhor capacidade de organização do próprio governo em fazer planejamento para geração e o consumo de energia elétrica no país”, completou.

Confira os detalhes na coluna Economia e Negócios:

[uolmais_auido 15701925]

Segundo Ecio, um plano de energia deveria ter sido concluído em 2004, mas o Ministério de Minas e Energia adiou para 10 anos, no caso, 2014, e ainda assim não foi concluído.

Mais Lidas