ECONOMIA E NEGÓCIOS

IPCA ficou em 1,18% entre o final de novembro e começo de dezembro

Esta é a maior taxa desde 2002

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 18/12/2015 às 13:38
Leitura:

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo-15 (IPCA 15), considerado uma prévia da inflação, ficou em 1,18% entre o final de novembro e o começo deste mês de dezembro. Esse valor representa uma aceleração em relação ao mês anterior, quando o indicador havia registrado 0,85%. Esta é a maior taxa desde 2002.

“A gente tá com uma expectativa de realmente terminar o ano com essa inflação bastante pressionada, o que vai forçar o Banco Central a tomar medidas de elevação da taxa de juros para que possa conter essa escalada”, explicou o economista Ecio Costa. “Por outro lado, a gente vê o governo também anunciando que pode ser que venha a reajustar novamente a tarifa de energia elétrica para o ano que vem”, completou.

No entanto, para o economista, esse aumento na inflação no final do ano é comum. “É de se esperar que no mês de dezembro a gente tenha uma natural elevação dos preços, por que a demanda para alimentos, para bebidas, para viagens de fim de ano se elevam por conta da própria época do ano”, destacou, lembrando que é importante que seja avaliado em janeiro como a economia se comporta. Alimentos, bebidas e transportes foram alguns itens que puxaram muito a economia.

Confira os detalhes na coluna Economia e Negócios:

Mais Lidas