FIM DE ANO

Consumidor vai pagar mais caro pelos produtos típicos da cesta de natal do que em 2014

Procon Pernambuco realizou pesquisa sobre variação de preços de 102 itens

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 19/12/2015 às 7:17
Leitura:


O estudo comparativo foi feito pelo Procon Pernambuco e leva em consideração os valores nas prateleiras em dezembro do ano passado. O objetivo da pesquisa é auxiliar o consumidor a escolher os itens de maneira mais racional.

Os produtos estão em média 30% mais caros nos 13 estabelecimentos que foram pesquisados na Região Metropolitana do Recife. Entre os produtos que mais subiram de preço estão o biscoito tipo champangne, que subiu de R$ 3,45 para R$ 5,49; o queijo provolone, que passou de R$ 60,98 para R$ 79,90; o salame tipo italiano que aumentou de R$ 37,90 para R$ 49,90 e o queijo do reino, que aumentou R$ 10,00, passando de R$ 39,90 para R$ 49,90 o quilo.

A pesquisa do Procon Pernambuco sobre cestas natalinas pode ser conferida no site www.procon.pe.gov.br. O gerente de Fiscalização do Órgão, Paulo Sotero, afirma que a subida do dólar teve impacto direto no preço ao consumidor:

Confira a lista com alguns ítens:

Mais Lidas