ECONOMIA

Nelson Barbosa na Fazenda é Dilma com mais controle sobre a economia, diz especialista

Economista Écio Costa falou sobre a saída de Joaquim Levy

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 19/12/2015 às 12:29
Leitura:
Foto: Elza Fiúza/Agência Brasil


A economia brasileira mudou de comando. Joaquim Levy deixou o Ministério da Fazenda, pasta que passou a ser liderada deste a última sexta-feira (18) pelo ex-ministro do Planejamento, Nelson Barbosa. De perfil desenvolvimentista e próximo da presidente Dilma Rousseff, Barbosa assume em um momento de crise econômica combinada com crise política. O economista Écio Costa conversou sobre a mudança com o comunicador Wagner Gomes, durante a "Super Manhã", neste sábado (19).

Para o especialista, a mudança representa mais influência da presidente na política econômica do governo e representa o "perigo" de uma retomada de um estilo de mais gastos públicos, o que pode agravar a situação complicada das contas públicas do país.

Écio Costa também lembrou que Nelson Barbosa foi uma espécie de adversário de Joaquim Levy, que deixa o governo sem conseguir o reequilíbro fiscal e manter as notas de crédito diante às agências de risco. Economistas temem um retrocesso na política do ajuste fiscal, apesar do novo ministro ter afirmado que vai manter a estratégia de equilíbrio das contas.

Mais Lidas