ENTREVISTA

Paulo Câmara faz balanço da gestão e diz que o maior desafio de Pernambuco é voltar a crescer

Governador destacou que a situação econômica do país prejudicou as gestões estaduais e municipais e comentou cenário político. O socialista também falou de saúde, transporte e segurança pública

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 21/12/2015 às 6:29
Leitura:
Foto: JC Imagem


A entrevista com o governador Paulo Câmara (PSB) durou quase uma hora e reuniu jornalistas do Sistema Jornal do Commercio de Comunicação em uma entrevista exclusiva. Na dia 10 de dezembro, o governador fez o balanço de fim de ano no debate da Super Manhã com Geraldo Freire.

O socialista foi eleito no primeiro turno das eleições com 68,09%, ficando à frente do senador Amando Monteiro Neto (PTB), que recebeu 31,05% dos votos válidos. O economista de 43 anos, casado e pai de duas filhas foi secretário em três pastas nas duas gestões de Eduardo Campos.

Confira a entrevista completa:

Como governador, Paulo Câmara iniciou o mandato enfrentando uma crise no sistema penitenciário. O socialista reconhece que 2015 não foi perfeito, mas garante que fez tudo o que era possível.

Questionado sobre a crise no Polo Naval e os impactos em Suape, o governador se mostra preocupado. Ainda sobre economia, Paulo Câmara diz que o estado finaliza o ano de olho nas metas do plano de contingenciamento de gastos que prevê corte de R$ 900 milhões.

O assunto do momento, a microcefalia também foi tema das perguntas dos jornalistas do Sistema Jornal do Commercio. Pernambuco é o estado com mais casos notificados da malformação congênita. São 920 suspeitas das 2.401 registradas no país.

Nesta segunda-feira (21), o governador se reúne todo o secretariado no Palácio do Campo das Princesas. As pautas do encontro são o balanço da gestão e as perspectivas para 2016.

Mais Lidas