SAÚDE

Das 2.782 notificações de microcefalia no Brasil, 1.031 estão em Pernambuco

Dos números no Estado, divulgados pela SES, 95,6% dos registros foram feitos na rede pública

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 22/12/2015 às 18:14
Leitura:
Cristina Mota, secretária-executiva de Atenção à Saúde, apresenta números
atualizados da microcefalia em Pernambuco
Foto: Lélia Perlim/ Rádio Jornal


A Secretaria Estadual de Saúde divulgou na tarde desta terça-feira (22) um novo boletim sobre a microcefalia em Pernambuco. Até o dia 17 de dezembro, 1.031 casos da malformação foram notificados em 98 municípios. As confirmações se mantiveram em 85 casos e os descartados chegam a 28.

A SES também contabilizou os três óbitos que foram confirmados no Recife e em São Lourenço da Mata. Ainda não há a confirmação sobre a relação das mortes com a microcefalia e as causas da morte ainda estão sendo investigadas.

Dentro do número geral, 62% são de bebês do sexo feminino. 95,6% dos registros foram feitos na rede pública.

A secretária-executiva de Atenção à Saúde, Cristina Mota, comentou sobre as dificuldades em contabilizar os casos. “O número de casos notificados esperava-se que houvesse esse aumento. Embora que esse número proporcionalmente falando, em relação à semana anterior, ele é um número que vem diminuindo”, destacou. “Nos últimos 15 dias toda a rede foi devidamente ativada para que possa fazer o reconhecimento e essa primeira consulta”, completou.

Confira os detalhes no flash de Lélia Perlim:

Ela ainda falou sobre uma planilha que está sendo adotada para as notificações. “Estipulamos agora uma planilha padronizada onde, além da informação sobre se foi ou não realizado o atendimento, informações acerca dos exames realizados, informações acerca de alguns achados clínicos nos exames médicos realizados nos bebês para que a gente possa de fato ter essa confirmação ou afastamento da microcefalia”, disse.

O número de gestantes que foram notificadas também aumentou, passando de 58 na última semana para 155 casos em 32 município. Três dessas gestantes com confirmação de microcefalia intraútero.

Mais Lidas