MISTÉRIO

Dez televisores são furtados do CT do Náutico e diretor diz que autor usou as chaves para entrar no local

Diretor de Patrimônio Físico do Náutico diz que não há juízo de valor, mas, pelas caracterícticas do crime, responsável faz parte do quadro de funcionários

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 23/12/2015 às 16:10
Leitura:
Foto: Imprensa Náutico


O diretor de Patrimônio Físico do Náutico, Roberto Andrade, confirmou a informação de que sumiram 10 televisores de 31 polegadas no hotel do CT do Náutico, na BR-101, no bairro da Guabiraba, Zona Norte do Recife. De acordo com Roberto, o clube se deu conta do sumiço dos equipamentos da segunda (21) para a terça-feira (22).

“Não foi arrombamento, foi furto. A pessoa que retirou, usou a chave, fechou e guardou as chaves. Nessa linha de investigação que a gente está trabalhando”, explicou Roberto. “Ontem eu fiz um B.O., o Instituto Tavares Buril foi lá e fez um trabalho inicial”, completou.

Confira a entrevista com João Victor Amorim:

Segundo o diretor, a polícia vai ouvir as testemunhas. “Eu quero deixar bem claro que não existe um juízo de valor, não se tem um direcionamento, só se sabe que a porta foi aberta e não houve arrombamento, então são pessoas que fazem parte do nosso quadro de funcionários”, explicou. “Não existe nenhuma linha direta com nenhuma pessoa”, completou.

Não existe uma previsão para conclusão do caso. “A polícia vai começar a fazer o trabalho investigativo. São muitas pessoas para serem ouvidas. Tomamos providências desde o início, quando soubemos o ocorrido”, apontou.

Mais Lidas