AEDES AEGYPTI

Novo método será usado para identificar doenças provocadas pelo Aedes aegypti

A análise será feita pela Secretaria de Saúde do Recife por meio dos dados das últimas oito semanas

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 23/12/2015 às 15:06
Leitura:
Foto: JC Imagem

As notificações sobre os casos de dengue, febre chikungunya e zika vírus vão ser divulgadas a partir de agora por meio de um novo boletim da Secretária de Saúde do Recife. A principal mudança foi no método de análise que passa a ser feito por meio dos dados das últimas oito semanas, período em que a doença apresentou um maior número de incidências. Além disso, vai ser realizada um estudo das notificações em cada bairro da capital pernambucana. As medidas vão beneficiar as áreas da cidade que ainda não foram assistidas.

A gerente interina da Vigilância Epidemiológica, Adriana Luna, explica as medidas adotadas para combater o mosquito. “As ações direcionadas e mutirões de limpeza serão feitas nos bairros de maior incidência e também em novos locais”, disse.

A ideia com o novo boletim é conter o número de casos das doenças transmitidas pelo Aedes aegypti no próximo ano.


Confira a reportagem de Gabriel Almeida:

Mais Lidas