GRANDE RECIFE

Chuva deve dar uma trégua no final de semana após o natal, mas transtornos continuam

Em Igarassu, uma árvore caiu sobre uma linha de alta tensão e danificou estação de tratamento da Compesa. Olinda, Paulista, Abreu e Lima e Igarassu estão sem água

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 25/12/2015 às 8:45
Leitura:


Quem precisou pegar a Avenida Abdias de Carvalho ou a BR-101 na véspera de natal foi acompanhado pela chuva, por alagamentos e por muito trânsito. Vídeo: Clarissa Siqueira/Rádio Jornal


Chuvas das últimas horas são consideradas normais pela Agência Pernambucana de Águas e Clima (APAC). O que chamou a atenção nesta quinta-feira (24) foi o grande número de raios e trovões em vários pontos do Grande Recife.

As nuvens carregadas chegaram até o agreste e a véspera de natal foi de muito frio em várias cidades. Na Região Metropolitana, chuva é sinônimo de ruas e avenidas alagadas, trânsito lento e congestionamentos.

O Corpo de Bombeiros não registrou ocorrências graves relacionadas à precipitação pluviométrica das últimas horas. O litoral está sofrendo os efeitos do sistema meteorológico chamado vórtice ciclônico dos altos níveis.

A previsão para esta sexta-feira é de chuva, mas em menor intensidade e restrita à Região Metropolitana do Recife. Meteorologista da Apac, Roni Guedes, faz prognósticos:

As chuvas das últimas horas deixaram em estado de prontidão todas as equipes da Defesa Civil do Recife. Dados oficiais apontam que somente na capital existem mais de 15 mil pontos de risco de desabamento.

Os moradores dos morros devem ficar atentos ao telefone de atendimento gratuito 0800 081 3400. O secretário executivo de Defesa Civil do Recife, coronel Cássio Sinomar, orienta as famílias:

Em Igarassu, equipes da Compesa iniciaram na manhã desta sexta-feira o conserto no sistema elétrico do Sistema Botafogo, que abastece a Região Metropolitana Norte. A pane ocorreu na estação de tratamento de água em Igarassu após a queda de uma árvore sobre uma linha de alta tensão.

Com isso, o abastecimento nas cidades de Olinda, Paulista, Abreu e Lima e Igarassu foi suspenso desde ontem. A expectativa da Compesa é de que a água volte às torneiras das quatro cidades até a noite de hoje.

Mais Lidas