DEMISSÃO COLETIVA

Neurocirurgiões do Hospital Pelópidas Silveira mantêm decisão de pedir demissão coletiva

A direção afirmou que não pode voltar atrás na decisão de enxugar o quadro de médicos da unidade

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 28/12/2015 às 14:18
Leitura:
Foto: JC Imagem

Com a resolução, 14 neurocirurgiães mantêm a decisão de pedir demissão coletiva nesta terça-feira (29). Segundo o Simepe, é necessário ter pelo menos dois médicos por plantão porque é muito arriscado para um único profissional realizar sozinho uma cirurgia de cabeça.

O diretor do sindicato dos médicos de Pernambuco, Walber Steffano, detalhou os danos que a redução do quadro trás para a população. “Nós temos dois serviços de neurocirurgias no Estado, no Hospital da Restauração e no Pelópidas Silveira. E um vai ficar sem realizar os serviços”, esclareceu.

Em nota, o hospital afirmou que diante da grave crise que atinge o país, teve de realizar uma série de ações de contingenciamento para ajustar as metas de serviços à disponibilidade de recursos.

Confira a reportagem de Cybelle Melo:

Mais Lidas