TRÂNSITO

Pista Leste da Via Mangue já tem data para liberação do tráfego de veículos

Com a entrega da pista nova, o túnel do Pina passa a ter sentido único, para o centro da cidade

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 28/12/2015 às 13:56
Leitura:
Prefeito Geraldo Julio realizou uma vistoria no canteiro de obras do antigo Aeroclube,
na rua Tomé Gibson, no bairro do Pina - Foto: Andrea Rego Barros


Os motoristas que trafegam da Zona Sul para o centro do Recife e que enfrentam diariamente muitas dificuldades e trânsito intenso em horários de pico, podem contar com uma boa notícia para 2016. De acordo com a prefeitura do Recife, a obra do Corredor Leste da Via Mangue, sentido Boa Viagem/Pina, deve ser entregue aos motoristas, pedestres e ciclistas em janeiro.

Com a entrega da pista nova, o túnel do Pina passa a ter sentido único, para o centro da cidade. A passagem foi construída ainda na chamada primeira etapa da Via Mangue, em 2008, e sempre teve mão dupla.

Nesta segunda-feira (28), o prefeito Geraldo Julio reuniu assessores, secretários e técnicos, para realizar uma vistoria no canteiro de obras do antigo Aeroclube, na rua Tomé Gibson, no bairro do Pina. Ele explica que a obra está praticamente concluída, restando apenas o asfaltamento da pista. “É praticamente a fase de acabamento que a gente está. No dia 17 de janeiro a gente vai abrir ela para o trânsito e vai beneficiar muitas pessoas”, acredita o prefeito, destacando ainda que a obra é vantajosa tanto para o motorista de carro particular, quanto para quem anda de ônibus.

As últimas ações que custaram R$ 26 milhões, envolvem a inclusão de espaço para pedestres, uma alça próxima ao shopping rio mar, ciclovia, o alargamento da rua Manoel de Brito e seis ligações da via com ruas consideradas importantes na área. De acordo com o prefeito, essas saídas são suficientes para facilitar o trânsito da Zona Sul.

Isabela Dias traz os detalhes:

Ainda de acordo com Geraldo Julio, foram instaladas seis câmeras de monitoramento ao longo da via para ajudar na segurança e evitar novos roubos à fiação da iluminação pública.

Apresentado como projeto que iria solucionar os problemas de trânsito da zona sul da capital pernambucana, a via mangue começou a sair do papel em junho de 2011. Com orçamento inicial de R$ 431 milhões, o corredor deveria ser inaugurado em setembro de 2013. A entrega só ocorreu em junho do ano passado e apenas a pista oeste, no sentido Pina-Boa Viagem, teve o tráfego liberado.

Mais Lidas