SAÚDE

Com 98% da obra concluída e um ano e meio de atraso, Hospital da Mulher tem novo prazo para início de atendimento

Nesta quarta-feira (30), Geraldo Julio reuniu o secretariado para vistoriar as obras do hospital

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 30/12/2015 às 13:49
Leitura:
Foto: Isabela Dias/ Rádio Jornal


Primeiro trimestre do ano que vem: este foi o prazo dado pelo prefeito Geraldo Julio, para entrega do Hospital da Mulher do Recife, com quase 1 ano e meio de atraso.

Localizada às margens da BR-101, no bairro do curado, a unidade é considerada uma das principais promessas da campanha de Geraldo Julio, que previa a entrega para outubro do ano passado. Com atraso no repasse de recursos, a entrega ficou para o fim deste ano e foi novamente adiada.

O prefeito do Recife justifica o atraso e afirma de 98% da obra já está concluída. “Todo mundo sabe que o país passa por um momento de grande dificuldade e a gente está aqui entregando o maior hospital já construído pela prefeitura do Recife”, destacou.

Confira os detalhes na reportagem de Isabela Dias:

Nesta quarta-feira (30), Geraldo Julio reuniu o secretariado para vistoriar as obras do hospital. Ele fala sobre o andamento da obra e os recursos investidos na construção da unidade. “98% da obra concluída. É realmente acabamento e instalação dos equipamentos (faltam ser concluídos). O investimento total, quando a gente soma o contrato de obra, climatização, a compra dos equipamentos, dos R$ 114 milhões a gente tem um convênio com o Governo Federal de R$ 46 milhões, que já chegaram R$26 milhões e faltam R$ 10 milhões. O restante é tesouro municipal”, explicou.

A unidade vai oferecer serviço integrado de saúde à mulher, com atendimentos em especialidades como ginecologia infantil, mastologia, atendimento à população LGBT e assistência a mulher vítima de violência. São 150 leitos com capacidade para realizar entre 400 e 500 partos por mês e 250 cirurgias.

De acordo com o prefeito Geraldo Julio, o orçamento previsto para funcionamento mensal da unidade é de cerca de R$ 6 milhões. Ainda segundo o prefeito, com a entrega do hospital, a previsão é que a espera dos usuários na rede pública seja reduzida.

Mais Lidas