BALANÇO

Já chega a 1.153 o número de casos suspeitos de microcefalia em Pernambuco

Número representa 38,76% das notificações do Brasil

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 30/12/2015 às 10:09
Leitura:
Foto: Reprodução/Internet

A Secretaria de Saúde de Pernambuco divulgou nesta terça-feira (29) a atualização dos casos de microcefalia no estado. Com o maior índice de casos no país, Pernambuco registrou, até o último domingo (27), 1.153 casos notificados da malformação, cem a mais de cem a mais que no último levantamento.

A capital, Recife, tem 217 ocorrências e lidera o ranking das cidades com o maior número de notificações. Logo após, está Jaboatão, com 74, seguida por Caruaru, com 40, e Olinda, com 27 casos.

Do total dos casos notificados no estado, 426 (36,9%) atendem aos parâmetros da Organização Mundial de Saúde (OMS) para a detecção de microcefalia (que identifica a malformação em bebês com perímetro cefálico igual ou menor que 32 centímetros). Ao todo, 89 casos (7,7%) foram confirmados e 42 (3,6%) foram descartados, levando em consideração o resultado dos exames de imagem dos bebês.

Do total de casos prováveis, 419 (98,4%) foram detectados no pós-parto e quatro (0,9%) foram detectados intraútero (feto com microcefalia). Também foram registrados três (0,7%) natimortos com microcefalia. As causas dos óbitos ainda estão sendo investigadas.

No Sertão do estado, foram registrados seis novos casos em relação ao último balanço, que foi divulgado no último dia 22. Ouça abaixo, na matéria de Roberto Gonçalves:

Mais Lidas