OPINIÃO

Ministério do Planejamento confirma despesa não prevista no Orçamento de 2016 com novo salário mínimo

Este foi o comentário de Ecio Costa na coluna Economia e Negócios desta quarta-feira (30)

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 30/12/2015 às 13:30
Leitura:

O Ministério do Planejamento já divulgou que o novo valor do salário mínimo de R$ 880 vai gerar uma despesa não prevista no Orçamento de 2016 de R$ 2,9 bilhões. Esse valor equivale a 12% do superávit primário, ou seja, a sobra de recursos antes do pagamento de juros e encargos da dívida pública, que o governo previu fazer no próximo ano, que seria de R$ 24 bilhões.

LEIA TAMBÉM: Salário mínimo aumenta para R$ 880 e impacta economia em R$ 50 bilhões, calcula Dieese

O orçamento conta com recursos da CPMF, imposto que ainda não foi aprovado pelo Congresso.

Confira o comentário de Ecio Costa na coluna Economia e Negócios:

Mais Lidas