RETROSPECTIVA

Saiba quais foram as dez notícias mais acessadas do ano

Em um ano tão intenso, relembre alguns dos momentos mais polêmicos de 2015

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 31/12/2015 às 11:25
Leitura:

O ano de 2015 será, sem dúvidas, um ano a ser recordado na memória. Para alguns, o pior ano de todos. Para outros, os últimos 12 meses foram, no mínimo, peculiares. Para celebrar este final, nada melhor que uma retrospectiva daquilo de mais importante que aconteceu ao longo deste tempo. Veja abaixo o ranking das notícias mais lidas do portal da Rádio Jornal.

Em primeiro lugar, está o caso do estudante de Medicina Nomangh Arruda de Sousa, de 24 anos, que foi preso suspeito de participar de uma quadrilha especializada em fraudar o programa de milhagem Multiplus. Nomangh é pernambucano, natural de Araripina, que fica a 684 km do Recife, e na época estava no sexto período do curso, em uma faculdade particular de Teresina (PI).

A segunda notícia mais acessada do portal foi o abandono de mais de 100 cães por uma inquilina em uma casa na Encruzilhada, na Zona Norte do Recife. O proprietário do imóvel, Gustavo Pereira, ingressou na Justiça com uma ação de despejo da inquilina, que morava no local há 7 anos e, nos últimos três, não vinha pagando o aluguel. Dentro da casa, o cenário era de destruição, sujeira e mal cheiro provocado por fezes espalhadas nos cômodos.

O ano também foi marcado por grandes polêmicas do futebol. Uma delas, que ocupa o terceiro lugar entre as mais repercutidas do site, foi o gol do Corinthians contra o Sport, em que o Garganta de Aço, Roberto Queiroz, se recusou a gritar gol. Num lance duvidoso em que o árbitro deu pênalti para o Corinthians, o time acabou levando a melhor.

O quarto lugar ficou com o acontecimento que chocou o mundo inteiro, quando um atentado terrorista ao satírico jornal Charlie Hebdo deixou 12 pessoas mortas e cinco feridas na França. O caso Maria Alice ocupa o quinto lugar, quando a delegada Gleide ngelo chamou o padrasto da adolescente de monstro, após encontrar o corpo da jovem sem uma das mãos.

Quem segue a lista é o polêmico julgamento do apresentador de TV Danilo Gentili, que em uma brincadeira ofendeu a considerada “maior doadora de leite humano do Brasil”. O sétimo e nono lugares foram ocupados pelo caso do assassinato de um professor em um restaurante da Zona Oeste do Recife.

Em oitavo lugar, fica o caso do assassinato de um funcionário do Tribunal de Justiça, em Olinda, que liderava quadrilha e fraudava concursos. O décimo e último lugar é ocupado por um cenário bastante comum este ano em Pernambuco, que é a seca. No Agreste, a estiagem afetou o Polo de Confecções e pôs em risco 100 mil empregos.

Mais Lidas